Disciplinas oferecidas conjuntamente:
JC101 – Tópicos de Divulgação Científica e Cultural
JC014 – Comunicação e Percepção Pública da Ciência e da Tecnologia
JC010 – Filosofia da Ciência
JC002 – Literatura, Cultura e Sociedade

Literatura, Cultura e Sociedade


JC002 | Literatura, Cultura e Sociedade
Docente: Susana Oliveira Dias e Greciely Cristina da Costa
E-mail para contato: susana@unicamp.br e greciely@gmail.com
Horário: 5a. 09:00-13:00
Local: Virtual


Semestres em que a disciplina foi oferecida: 2021 - 1º Semestre,

JC002-A – Literatura, Cultura e Sociedade Divulgação Científica e Cultural – 1o semestre de 2021

A disciplina abordará problematizações que se fazem nas interfaces entre literatura, comunicação, antropologia, arte e filosofia para pensar as potencialidades da escrita e tensionar as oposições entre sujeito-objeto, real-ficção, verdadeiro-falso, objetividade-subjetividade e pesquisa-escrita. Exploraremos autores que tratam a literatura como campo de experimentação do humano e da vida, como potência de cura, como política de minoridade. Autores que se propõem a pensar “com” a literatura e não “como” a literatura, o que implica em inventar um modo de pensar que não está dado, em pensar a literatura mesma pelas novas forças que é capaz de mobilizar, reunir, compor. Neste semestre a disciplina abordará a crise de pensamento e modos de existência que vem sendo diagnosticada em diversos campos do conhecimento: “niilismo” e “esgotamento” (PELBART, 2013), “crise da natureza” (LATOUR, 2013), “aceleracionismo” e “extinção do humano” (DANOWSKI & VIVEIROS DE CASTRO, 2014), “redução à impotência” e “intrusão de Gaia” (STENGERS, 2003, 2014, 2015). Investiremos em disjunções e contaminações entre literatura, comunicação, antropologia, arte e filosofia que deem a pensar o acontecimento da escrita (com imagens, palavras e sons), trabalhando com conceitos como cosmopolítica, mundo comum, outrem, devir e fabulação.

TESTEMUNHOS – Susana Dias

Aula 01 – 18/03

Apresentação do programa da disciplina

Aula 02 – 25/03

LEVI, Primo. É isto um homem? Trad. Luigi Del Re. Rio de Janeiro: Rocco, 1988.

FAUSTO, Juliana. A cosmopolítica dos animais. São Paulo: n-1 edições, 2020.

RANCIÈRE, Jacques. A imagem intolerável. In: O espectador emancipado. Trad. Ivone C. Benedetti. São Paulo: Editora WMF Martins fontes, 2012. pp.83-102.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Narrar o trauma – A questão dos testemunhos de catástrofes históricas. Psic. Clin., Rio de Janeiro, Vol.15, N.2, pp.65-82, 2003.

Aula 03 – 01/04

GIANNETTI, Cecília. Lugares que não conheço, pessoas que nunca vi. Rio de Janeiro: Agir, 2007.

LAPOUJADE, David. As existências mínimas. Trad. Hortência Santos Lencastre. São Paulo: n-1 edições, 2017.

ORLANDI, Luiz. O que estamos ajudando a fazer de nós mesmos? In: RAGO, Margareth; ORLANDI, Luiz B.; VEIGA-NETO, Alfredo (Orgs.). Imagens de Foucault e Deleuze – ressonâncias nietzscheanas, RJ, DP&A Ed., 2002, pp. 217-238. Disponível em: http://www.pucsp.br/nucleodesubjetividade/Textos/orlandi/que_estamos_ajudando.pdf

STENGERS, Isabelle. No tempo das catástrofes – resistir à barbárie que se aproxima. Trad. Eloisa Araújo Ribeiro. São Paulo: Cosac Naify, 2015.

Aula 04 – 08/04

Conversa com a escritora Sheyla Smanioto

SMANIOTO, Sheyla. Meu corpo ainda quente. São Paulo, Editora Nós, 2020. (Para comprar o livro autografado:

https://www.sheylasmanioto.com/shop)

SMANIOTO, Sheyla. Desesterro. São Paulo: Editora Record, 2015.

Aula 05 – 15/04

TOURNIER, Michel. Sexta-feira ou os limbos do Pacífico. Trad. Fernanda Botelho. 1a. Ed. Rio de Janeiro. BestBolso, 2014.

DELEUZE, Gilles. Michel Tournier e o mundo sem outrem. In: DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 2006. pp. 311-330.

KOPENAWA, David; ALBERT, Bruce. “Devir outro”. In: KOPENAWA, David; ALBERT, Bruce. A queda do céu: palavras de um xamã Yanomami. Trad. Beatriz Perrone-Moisés. 1a. Ed. São Paulo. pp. 69-217.

Aula 06 – 22/04

LAWRENCE, David Herbert. Apocalipse seguido de O homem que morreu. Trad. Paulo Henrique Britto. São Paulo: Companhia das Letras, 1990. pp. 11-122.

DELEUZE, Gilles. Crítica e clínica. Trad. Peter Pál Pelbart. São Paulo: ED34, 1997.

PELBART, Peter Pál. “Travessias do Niilismo (Nietzsche”. In: PELBART, Peter Pál. O avesso do niilismo: cartografias do esgotamento. São Paulo: N-1 edições, 2013. pp. 93-112 (Série Future Art Base)

Aula 07 – 29/04

WOOLF, Virginia. As ondas. Trad. Lya Luft. Osasco, SP; Novo Século Editora, 2011.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs – capitalismo e esquizofrenia, vol. 4. Trad. Suely Rolnik. São Paulo: Ed. 34, 1997.

FERRAZ, Silvio. O livro das sonoridades [Notas dispersas sobre composição]. Rio: Ed. 7 Letras, 2004.

Aula 08 – 06/05

MORRISON, Toni. Jazz. Trad. José Rubens Siqueira. São paulo: Companhia das Letras, 2009.

MORRISON, Bill. The Great Flood, 2014.

CARTAS – Greciely Costa

13/05

EAGLETON, Terry. O que é literatura? In: Teoria da literatura: uma introdução. Martins Fontes, 2003.

BARBAI, Marcos. “E suas palavras pousam”: sujeito, ideologia e inconsciente”. In: Rodrigues, Eduardo Alves; Santos, Gabirel Leopoldino; Branco, Luiza K. Andrade Castello. (Org.). Análise de Discurso no Brasil: pensando o impensado sempre – uma homenagem a Eni Orlandi. Campinas: Editora RG, 2011, v. , p. 373-386.

20/05

PÊCHEUX, Michel (Org.). Papel da memória. Trad. José Horta Nunes. Campinas: Pontes, 1999.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Lembrar escrever esquecer. São Paulo: Editora 34, 2006.

27/05

SOUZA, Pedro de. Confidências da carne: o público e o privado na enunciação da sexualidade. Campinas: Editora da Unicamp, 1997.

ORLANDI, Eni Puccinelli. As formas do silêncio: no movimento dos sentidos. Campinas: Editora da Unicamp, 1993.

03/06

FOUCAULT, Michel. Isto não é um cachimbo. Trad. Jorge Coli. 6ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2014.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Cascas. São Paulo: Editora 34, 2017.

10/06

RUIZ, Coraci Bartman. Documentario-dispositivo e video-cartas: aproximações. 2009. 117 p. Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/284016>. Acesso em: 14 ago. 2018.

17/06

Conversa com a atriz Simone Evaristo

LISPECTOR, Clarice; MONTERO, Teresa. Minhas queridas. Ed. Teresa Montero. Rio de Janeiro: Rocco, 2007.

24/06

Oficina II

O Labjor é um centro de referência para a formação e para os estudos em divulgação científica e cultural. Oferece, de forma multidisciplinar, cursos de pós-graduação, e proporciona pesquisas e produtos culturais que contribuem para a análise da dinâmica das relações entre ciência e sociedade.
Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
Rua Seis de Agosto, 50 - 3º piso - CEP: 13083-873
Fones: (19) 3521-2584 / 3521-2585 / 3521-2586 / 3521-2588
Ver endereço para envio de correspondências
LABORATÓRIO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM JORNALISMO - UNICAMP