PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA E CULTURAL

Página inicial do programa de Pós-Graduação em Divulgação Científica e Cultural

O Programa de Pós-Graduação em Divulgação Científica e Cultural (PPG-DCC) apresenta um vasto campo de pesquisa e criação, no qual a interdisciplinaridade se efetua como uma força que advém da complexidade dos próprios problemas que se colocam para a área. Exige, portanto, de estudantespesquisadores e professores a invenção de novos objetos de investigação e novas abordagens teórico-metodologicas que passam, necessariamente, pelo diálogo entre diversas disciplinas e múltiplas formas de expressão de conhecimentos, culturas, tecnologias, artes e ciências.

O programa, formalmente criado em 2007, nasce de uma parceria entre o Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) e o Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) ambos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). As atividades do Mestrado em Divulgação Científica e Cultural (MDCC) foram efetivamente iniciadas em 2008, e vinculadas à Área Interdisciplinar, com ênfase em Ciências Sociais e Humanidades.

Desde sua criação, o PPG-DCC conta com a participação de docentes de outras unidades da universidade o que o torna um espaço rico em diversidades de formações, bem como linhas de pesquisa. Além do IEL e Labjor, estão envolvidos nas atividades do PPG-DCC, professores e pesquisadores que também atuam no Laboratório de Estudos Urbanos (Labeurb); no Departamento de Política Científica e Tecnológica (DPCT), do Instituto de Geociências (IG); no Departamento de Multimeios (DMM), do Instituto de Artes (IA); no grupo Olho – Laboratório de Estudos Audiovisuais, da Faculdade de Educação (FE); no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH); no Instituto de Física “Gleb Wataghin (IFGW); e na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA).

O Mestrado tem como objetivo formar um profissional híbrido, que trabalhe com a ideia do sistema global de C&T e que, ao mesmo tempo, tenha uma formação cultural para produzir análises críticas e reflexivas dos objetos, sejam eles os avanços da C&T, os modos em que se dá a própria divulgação científica e tecnológica em nossa sociedade, ou as produções tecnológicas, eventos artísticos e culturais da atualidade.

Busca-se capacitar pesquisadores, comunicadores da ciência, jornalistas e outros interessados nessa abordagem interdisciplinar para que possam se dedicar ao estudo mais aprofundado dos debate sobre cultura, ciência e tecnologia a partir de diversos enfoques, buscando sempre a sua interconexão.

Em paralelo à formação de seus alunos, o MDCC pretende-se um espaço de construção de análises, estudos, pesquisas e intervenções no ambiente de produção de ciência e tecnologia, buscando interligar diferentes conhecimentos e saberes na produção de reflexões críticas sobre os impactos e efeitos do desenvolvimento tecnológico. Assim, pretende que sua produção acadêmica possa ser útil a formuladores de políticas públicas em alguma medida relacionadas à ciência e tecnologia.

Pretende-se que o egresso seja capaz de:

  • Estudar e discutir a questão da Divulgação das Ciências, das Tecnologias e Culturas.
  • Democratizar o conhecimento científico, tecnológico e cultural;
  • Discutir criticamente a política científica e cultural do país;
  • Contribuir para a divulgação da produção científica, tecnológica e cultural das áreas periféricas;
  • Reduzir a distância entre os criadores do conhecimento e a opinião pública;
  • Estabelecer a relação da produção científica, tecnológica e cultural com a vida cotidiana e as suas relações com a sociedade de um modo geral;
  • Possibilitar a compreensão dos fenômenos da ciência e da cultura;
  • Conciliar o rigor científico e crítico com a linguagem jornalística;
  • Conscientizar os cientistas e críticos de cultura para a divulgação de sua produção;
  • Contribuir para uma reflexão crítica sobre o conhecimento científico-cultural produzido no país. 

O conjunto das disciplinas do MDCC propõe conexões entre ciências, tecnologias, linguagens, artes e culturas. De acordo com sugestão do orientador, o aluno poderá cursar disciplinas oferecidas pela Unicamp e outras universidades, que estejam relacionadas ao seu campo específico de pesquisa.

As linhas de pesquisa a que os alunos do programa se ligam dividem-se em:

  Curso 81M – Mestrado – Divulgação Científica e Cultural

  • Instituto de Estudos da Linguagem – IEL
  • Programa de Divulgação Científica e Cultural
  • Comissão de Pós Gradução (CPG)

Daniela Tonelli Manica (Coordenadora – gestão 2023/2024)
Greciely Cristina da Costa
(membro titular  – gestão 2023/2024)
Marcos Aurélio Barbai
(membro titular – gestão 2023/2024)
Paola Susana Mendonza Champi (Representante discente titular – gestão 2023/2024)
Jhonatan Dias Gonzaga (Representante discente suplente – gestão 2023/2024)

  • Secretaria de Pós-Graduação

Alessandra Carnauskas
Andressa Alday

  Avaliação e Reconhecimento

O curso de Mestrado em Divulgação Científica e Cultural recebeu nota 4 na avaliação CAPES referente ao quadriênio 2013/2016 e foi reconhecido pela Portaria MEC 656, de 22/05/2017, publicada no D.O.U. de 23/05/2017. No quadriênio 2017/2020 o curso recebeu a nota máxima para cursos de mestrado, que é 5.

  Integralização

As durações mínima e máxima para a área de concentração Divulgação Científica e Cultural do curso de Mestrado são de 12 e 30 meses, respectivamente. O tempo considerado ideal pelo programa é de 24 meses. Para obter o título de Mestre em Divulgação Científica e Cultural, o aluno deverá cumprir o total de 16 créditos, sendo no mínimo 12 créditos em disciplinas da sigla JC.

Atividade Obrigatória

AA001  * 1 Dissertação de Mestrado

Disciplinas Eletivas

JC001 60 4 Ciência, Tecnologia e Sociedade
JC002 60 4 Literatura, Cultura e Sociedade
JC004 60 4 História da Ciência e da Tecnologia
JC005 60 4 Linguagem: Jornalismo, Ciência e Tecnologia
JC007 60 4 Estudos Culturais das Ciências
JC010 60 4 Filosofia da Ciência
JC012 60 4 Arte, Ciência e Tecnologia
JC013 60 4 Seminários de Orientação em Divulgação Científica e Cultural
JC014 60 4 Comunicação e Percepção Pública da Ciência e da Tecnologia
JC015 60 4 Sócio-antropologia da Ciência e da Tecnologia
JC016 60 4 Tecnologia, Ciência e Cultura
JC017 60 4 Jornalismo Científico
JC018 60 4 Jornalismo Cultural
JC020 60 4 Texto e Linguagem
JC101 30 2 Tópicos de Divulgação Científica e Cultural I
JC102 30 2 Tópicos de Divulgação Científica e Cultural II
JC108 60 4 Tópicos em Metodologia de Pesquisa
JC109 30 2 Tópicos de Divulgação Científica e Cultural (online)
—– Qualquer disciplina de Pós-Graduação oferecida pela Unicamp

 

  Requisitos para Obtenção do Título de Mestre

Créditos

Cumprir o total de créditos conforme especificado na integralização.

Aptidão em Língua Estrangeira

Língua Inglesa.
A verificação da Capacitação em Língua Estrangeira será efetuada por uma Comissão de Qualificação nomeada a cada ano pela sub-CPG, durante o processo de seleção.

Exame de Qualificação

Os alunos aceitos para o Programa de Mestrado serão submetidos a um exame de qualificação (EQM). O Exame de Qualificação do Mestrado constará de um seminário e arguição oral sobre um tema a ser sugerido pelo orientador do aluno, com a aprovação da sub-CPG. O aluno aceito no programa de Mestrado, deverá prestar o EQM, pela primeira vez, no máximo durante o 3º semestre de seu ingresso.

Defesa da Dissertação

A Tese de Mestrado não será, necessariamente, baseada em investigação original. São as seguintes normas adotadas para a defesa de Tese, a qual somente poderá ser feita após o candidato ter satisfeito todos os requisitos anteriores:
1. O candidato deverá apresentar, em evento  público, o seu trabalho de Tese. Embora não seja parte da defesa, a apresentação pública será considerada seu pré-requisito.
2. O Orientador de Tese solicitará à Comissão de Pós-graduação a indicação da Comissão Julgadora da Tese, composta de 3 especialistas no assunto. O Orientador de Tese fará parte dessa Comissão.
A Banca será escolhida pela sub-CPG a partir de lista redundante de nomes fornecidos pelo orientador, sendo um dos membros, necessariamente, externo ao curso, em conformidade com as normas gerais dos cursos de Pós-Graduação da Unicamp .