Disciplinas oferecidas conjuntamente:
JC102-A
JC101-A
JC012-A
JC003-A
JC001-A

Tópicos de Divulgação Científica e Cultural II


JC102-A | Tópicos de Divulgação Científica e Cultural II
Docente: Profs. Drs. Simone Pallone de Figueiredo, Carlos Alberto Vogt e Ananias Queiroga Filho
Horário: Quinta-feira das 14h às 18h
Local: Sala de aula do Labjor


Semestres em que a disciplina foi oferecida: 2017 - 1º Semestre,

Na sociedade contemporânea, ciência, tecnologia e inovação são temas presentes em todos os âmbitos, o que nem sempre é perceptível. Existe um campo dentro dos Estudos Sociais de Ciência e Tecnologia que justamente pesquisa essa área, que é a Percepção Pública da Ciência e da Tecnologia. A PPCT busca, de modo geral, investigar as relações entre ciência, tecnologia e sociedade. Entender essas relações é um desafio complexo, mas fundamental, porque permite observar como a ciência ganha destaque no cotidiano das pessoas. Os resultados das pesquisas colaboram com a adoção de ações e políticas públicas que possam tornar os temas de ciência e tecnologia mais compreensíveis para a sociedade em geral.

A presente disciplina pretende adentrar o universo da PPCT, trazendo um histórico da área, analisar pesquisas já realizadas e suas evoluções, em relação a metodologias e dimensões de análises. Será uma oportunidade de mostrar as diferentes formas de aplicar questionários em pesquisas survey, suas vantagens e desvantagens, modos de avaliar os resultados, os métodos estatísticos que são utilizados. Além disso, o curso deverá investir na análise dos indicadores de conhecimento, interesse e atitudes, que envolvem esse tema, e também as limitações das pesquisas e resultados.

Bibliografia:

FRANCO-AVELLANEDA, M.; VON LINSINGEN, I. Popularizaciones de La Ciencia Y La Tecnología En América Latina: Mirando La Política Científica En Clave Educativa. Revista Mexicana de Investigación Educativa 16 (51). Consejo Mexicano de Investigación Educativa A.C.: 1253–72, 2011. BECK, U. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo: Editora 34, 2010. BAUER, M. W. The evolution of public understanding of science - discourse and comparative evidence. Science, technology and society, 14 (2). pp. 221-240. ISSN 0971-7218, 2009. BAUER, M. W., ALLUM, N., & MILLER, S. What can we learn from 25 years of PUS survey research? Liberating and expanding the agenda. Public understanding of science, 16(1), 79-95, 2007. BAUER, M. W., & JENSEN, P. The mobilization of scientists for public engagement. Public Understanding of Science, 20(1), 3, 2011. BUENO, W. C. Jornalismo Científico, lobby e poder. Parcerias Estratégicas, Brasília, n. 13, p. 168-200, 2001. EINSIEDEL, E. F.; EASTLICK, D. L., Consensus Conferences as Deliberative Democracy: A Communications Perspective. Science Communication, 21:323-343, June 2000. FECYT. Apuntes sobre los estudios de percepción social de la ciencia y la tecnología. S/d Disponível em: http://www.upf.edu/pcstacademy/_docs/ApuntesFecyt.pdf GÜNTHER, H. Como elaborar um questionário. Brasília: UnB, Laboratório de Psicologia Ambiental, 2003. GODIN, B., GINGRAS, Y. “What is scientific and technological culture and how is it measured? A multidimensional model”, Public Understanding of Science 9: 43–58, 2000. GUIMARÃES, E. A ciência entre as políticas científicas e a mídia. In: GUIMARÃES, E. (org). Produção e Circulação do Conhecimento (VOL. 1): Estado, Mídia, Sociedade. Campinas-SP: Pontes Editores, 2001. LATOUR, Bruno. A ciência em ação. Editora Unesp: São Paulo, 1999. LEWESTEIN, B.V. Models of public communication of science and technology. Public Understanding of Science, Ithaca, p.01-11, 16 jul. 2003. Disponível em: http://www.dgdc.unam.mx/Assets/pdfs/sem_feb04.pdf Acesso em: mar. 2012. ________________ Can we understand citizen science? Journal of Science Communication, 15(01), 2016. Disponível em: http://jcom.sissa.it/sites/default/files/documents/JCOM_1501_2016_E.pdf. Acesso em: 04 de abril de 2016. LOZANO-BORDA, M.M. Actividades de apropiación social de la ciencia y la tecnología y los espacios de encuentro con los públicos en Colombia una mirada a los proyectos apoyados por colciencias 2005-2010". En: Colombia Folios ISSN: 0123-1022 ed: Editorial Universidad de Antioquia, v.25 fasc.1 p.165 - 191, 2011. Disponível em: http://aprendeenlinea.udea.edu.co/revistas/index.php/folios/article/view/10606/9729. Acesso em: 04 de abril de 2016. MACNAGHTEN, P.; GUIVANT, J. S. Converging citizens? Nanotechnology and the political imaginary of public engagement in Brazil and the United Kingdom. Public Understanding of Science, v. 20, p. 5-27, 2010. NAVAS, A. M. Concepções de popularização da C&T no discurso político: impactos nos museus de ciências. 2008. 126 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. PARDO, R.; CALVO, F. The cognitive dimension of public perceptions of science: methodological issues. Public Understanding of Science, 13 (2004) 203-227. POLINO, C.; FAZIO, M. E.; CASTELFRANCHI, Y. Surveys on the public perception of science in Ibero-American countries: the RICYT's experience, Documento de trabalho, nº 21, Redes – Centro de Estudios sobre Ciencia, Desarrollo y Educación Superior, 2005. Disponível em: http://www3.centroredes.org.ar/files/documentos/Doc.Nro21.pdf Acesso em: mar. 2012. RICYT - Red Iberoamericana de Indicadores de Ciencia y Tecnología. Manual de Antigua: indicadores de percepción pública de la ciencia y la tecnología; Carmelo Polino (coord.) - 1a ed. - Ciudad Autónoma de Buenos Aires: Red Iberoamericana de Indicadores de Ciencia y Tecnología, 2015. E-Book. ROWE G, FREWER L. J. Evaluating public participation exercises: a research Agenda. Science, Technology & Human Values, 29(4):512-556, 2004. SOUSA, J. P. Elementos de teoria e pesquisa da comunicação e dos media, Porto: Bocc, 2006. VON ROTEN, F. C., & DE ROTEN, Y. Statistics in science and in society: from a state-of-the-art to a new research agenda. Public Understanding of Science, 22(7), 768-784, 2013. VOGT, C.; POLINO, C. (Orgs). Percepção pública da ciência: resultados da pesquisa na Argentina, Brasil, Espanha e Uruguai. Ed. da Unicamp, São Paulo, FAPESP, 2003. VOGT, C. et al. Percepção pública da ciência: uma revisão metodológica e resultados para São Paulo, In: LANDI, R., GUSMÃO, R. (Coord.). Indicadores de ciência, tecnologia e inovação em São Paulo, São Paulo: Fapesp, 2005. VOGT, C. The spiral of scientific culture and cultural well-being: Brazil and Ibero-America, Public Understanding of Science, January 2012 vol. 21 no. 1 4-16. VOGT, C.; Morales, A.P. O discurso dos indicadores de C&T e de percepção de C&T. Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e Editora Catarata, 2016.

O Labjor é um centro de referência para a formação e para os estudos em divulgação científica e cultural. Oferece, de forma multidisciplinar, cursos de pós-graduação, e proporciona pesquisas e produtos culturais que contribuem para a análise da dinâmica das relações entre ciência e sociedade.
Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
Rua Seis de Agosto, 50 - 3º piso - CEP: 13083-873
Fones: (19) 3521-2584 / 3521-2585 / 3521-2586 / 3521-2588 Fax: (19) 3521-2599
LABORATÓRIO DE JORNALISMO AVAÇANDO - UNICAMP