Disciplinas oferecidas conjuntamente:
JC102 – Tópicos especiais em Divulgação Científica e Cultural II
JC101 – Tópicos especiais em Divulgação Científica e Cultural I
JC017 – Jornalismo Científico
JC012 – Arte, ciência e tecnologia
JC004 – História da Ciência

Tópicos especiais em Divulgação Científica e Cultural I


JC101 | Tópicos especiais em Divulgação Científica e Cultural I
Docente: Daniela Manica e Antônio Carlos Amorim
E-mail para contato: dtmanica@gmail.com
Horário: Quinta-feira das 14 às 17h (aulas quinzenais)
Local: Disciplina ministrada integralmente em modo remoto, programação completa com o link da sala será divulgado no início do semestre letivo


Semestres em que a disciplina foi oferecida: 2020 - 2º Semestre,

Ementa

Onde começam e onde terminam nossos corpos? Quais as relações entre pensamentos, sinais, informação? Em que medida as máquinas informacionais conseguem capturar rastros da nossa cognição? O que eles querem dizer? Que tecnologias podem fazer e transformar corpos e organismos biológicos? Quais sonhos de perfeição e imortalidade se concretizam em nossas máquinas e técnicas, por meio de nossos sistemas de gestão dos corpos, da vida e da morte? Como construir, no atual cenário pandêmico e fascista, possibilidades de vida e de futuro? A proposta dessa disciplina é debater essas e outras questões a partir de filmes de ficção científica.

A disciplina atualiza uma atividade conjunta entre o Labirinto/Labjor e o LABFICC(IFCH/Unicamp), com a participação de professores e pesquisadores do GEICT (IG-Unicamp), ICTS (Labjor) e Laspa/CTeMe (IFCH-Unicamp), laboratórios da Unicamp dedicados a pensar de perspectivas sócio-antropológicas temas relacionados ao humano, corpo, tecnologias e informação. Serão vistos e discutidos filmes de ficção científica que abordem, tangencial ou diretamente, temáticas ligadas a tecnociência, corpos, gênero, vida, colonialidades, tecnologias de informação e comunicação.

Bibliografia

BENNETT, Jane. 2010. Vibrant matter: a political ecology of things. Durham: Duke University Press.

GARCIA dos SANTOS, Laymert. 2003. Politizar as novas tecnologias: o impacto sócio-tecnico da informação digital e genética. São Paulo: Editora 34.

HARAWAY, Donna.1997. Modest_Witness@Second_Millennium.FemaleMan_Meets_Oncomouse. London and New York: Routledge

_______. 2013. A game of cat’s cradle: science studies, feminist theory, cultural studies. In: Arthur Kroker; Marilouise Kroker (eds.). Critical digital studies: a reader. Toronto: University of Toronto Press, pp. 59-69.

_______. 2016. Staying with the trouble: making kin in the Chthulucene. Durham: Duke University Press.

MYERS, Natasha. 2014. Rendering machinic life. In: COOPMAN, Catelijne et.al. (eds). Representation in scientific practice revisited. Cambridge and London: MIT Press. pp. 153-175.

SILVA, Tomaz Tadeu da. 2000. Antropologia do ciborgue: As vertigens do pós-humano. Belo Horizonte: Autêntica.

TSING, Anna L.; SWANSON, Heather; GAN, Elaine; BUBANT, Nils (eds.). 2017. Arts of living on a damaged planet: ghosts of the anthropocene. Minneapolis: University of Minnesotta Press.

Avaliação

Serão avaliadas a participação nos debates ao longo do semestre, e o trabalho final. O trabalho final pode ter diversos formatos (ensaios, artigos, videos, podcasts, posts para blog, resenhas) e deve compor reflexões motivadas pelas discussões do curso. A presença em pelo menos 75% das aulas é condição para aprovação.

O Labjor é um centro de referência para a formação e para os estudos em divulgação científica e cultural. Oferece, de forma multidisciplinar, cursos de pós-graduação, e proporciona pesquisas e produtos culturais que contribuem para a análise da dinâmica das relações entre ciência e sociedade.
Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
Rua Seis de Agosto, 50 - 3º piso - CEP: 13083-873
Fones: (19) 3521-2584 / 3521-2585 / 3521-2586 / 3521-2588
Ver endereço para envio de correspondências
LABORATÓRIO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM JORNALISMO - UNICAMP