Disciplinas oferecidas conjuntamente:
JC 101
JC 020
JC 108
JC 006
JC 007

Estudos Culturais das Ciências


JC 007 | Estudos Culturais das Ciências
Docente: Prof. Dr. Antonio Carlos Rodrigues de Amorim e Susana Oliveira Dias
Horário: Terça-feira das 9h às 13h
Local: Labjor


Semestres em que a disciplina foi oferecida: 2013 - 2º Semestre,

Na contemporaneidade, em meio a divergências, a eleição da cultura como foco para olhar as diferentes idéias e práticas sociais tem se mostrado muito produtiva para um conjunto de análises, incluindo aquelas relativas às ciências. Escolhendo referenciais que centram em teorias da representação cultural, neste curso, será realizado um processo de discussão das práticas científicas levadas a cabo em laboratórios de pesquisa a partir de textos, contatos com diferentes produções culturais que constroem discursos sobre ciências e que compõem diferentes materiais de divulgação científica. A procura é por traçar caminhos e conexões que desnaturalizem as compreensões a respeito do que é ciência. A ênfase recairá nas potencialidades dos estudos culturais das ciências em suas interfaces com o campo educacional.

Bibliografia

BENDER, Gretchen, DRUCKREY, Timothy. Culture on the brink. Ideologies and Technology. Seattle: Bay Press, 1994.
ESCOSTEGUY, Ana Carolina D. Uma introdução aos estudos culturais. Famecos. n. 9, p. 87-97, dez. 1998.
HALL, Stuart. A centralidade da cultura: Notas sobre as revoluções culturais do nosso tempo. Educação e Realidade, 22(2): 15-46, 1997.
HARAWAY, Donna SABERES LOCALIZADOS: a questão da ciência para o feminismo e o privilégio da perspectiva parcial. cadernos pagu (5) 1995: pp. 07-41.
KELLER, Evelyn Fox. Qual foi o impacto do  feminismo na ciência? cadernos pagu (27), julho-dezembro de 2006: pp.13-34.
LENOIR, Thimoty, ROSS,  Cheryl. The Naturalized History Museum. In: in GALISON, Peter and STUMP, David Stump (eds.)The Disunity of Science: Boundaries Context and Power, Stanford: Stanford University Press, 1996, pp. 370-397. ( http://www.stanford.edu/dept/HPS/TimLenoir/public.html )
MARTIN, Emily. The Egg and the Sperm: How Science Has Constructed a Romance Based on Stereotypical Male-Female Roles. Signs. Vol. 16, No. 3 (Spring, 1991), pp. 485-501. (disponível no portal da CAPES)
MARTINO, Mauro Sá. A área dos estudos culturais: consenso genealógico e indefinição epistemológica. Comunicação & Sociedade. Ano 33, n. 57, p. 79-101. jan./jun. 2012.
RIBEIRO, António Sousa, RAMALHO, Maria Irene. Dos estudos literários aos estudos culturais? Revista Crítica de Ciências Sociais. n. 52/53, p. 61-83.  nov. 1998/fev. 1999.
ROUSE, Joseph. Laboratory Fictions. In: SUAREZ, M. (ed). Fiction in Science: Philosophical Essays on Modeling and Idealization, New York, Routledge, 2008, 37-55.
ROUSE, Joseph. Understanding Scientific Practices: Cultural Studies of Science as a Philosophical Program. In: BIAGIOLI, M.(ed), Science Studies Reader, New York: Routledge, p.  442-56, 1999. ( http://jrouse.blogs.wesleyan.edu/publication-list/ ) **
ROUSE, Joseph. Cultural Studies of Science. International Encyclopedia of the Social and Behavioral Sciences, p. 3125-27, 2001. ( http://jrouse.blogs.wesleyan.edu/publication-list/ )**
SARAIVA, Karla, MARCELLO, Fabiana de Amorim. Estudos culturais e educação: desafios atuais. Canoas/RS: Editora da ULBRA, 2012.
SIMANOWSKI, Roberto. Digital art and meaning: reading kinetic poetry, text machines, mapping art, and interactive installations. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2011.

O Labjor é um centro de referência para a formação e para os estudos em divulgação científica e cultural. Oferece, de forma multidisciplinar, cursos de pós-graduação, e proporciona pesquisas e produtos culturais que contribuem para a análise da dinâmica das relações entre ciência e sociedade.
Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
Rua Seis de Agosto, 50 - 3º piso - CEP: 13083-873
Fones: (19) 3521-2584 / 3521-2585 / 3521-2586 / 3521-2588
Ver endereço para envio de correspondências
LABORATÓRIO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM JORNALISMO - UNICAMP