Dossiês Entrevistas Resenhas Notícias Memória Fototeca Agenda Quem somos Fale conosco
Frevo: uma dança pernambucana
Colóquio sobre crítica genética do audiovisual
A arte como crítica de arte
Unesco discute Convenção da Diversidade Cultural
Carolina Cantarino
Em andamento desde o último dia 3, em Paris, a 33ª Conferência Geral das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) discutirá a aprovação do projeto da Convenção da Diversidade Cultural, documento que busca proteger e garantir igualdade de condições para as manifestações culturais junto ao mercado, cada vez mais globalizado, de cultura.

Dos mais de 100 países-membros da Unesco, três já revelaram posição contrária à aprovação da Convenção ou, pelo menos, de alguns de seus artigos: México, Austrália e Estados Unidos. Este último teme que a Convenção tire da Organização Mundial do Comércio o monopólio sobre o tratamento de questões relativas ao comércio internacional de bens e serviços culturais, o que poderia afetar, por exemplo, as vantagens competitivas que, historicamente, a indústria cinematográfica estadunidense possui.

O Ministro da Cultura, Gilberto Gil, tem tido um papel relevante nas discussões sobre a Convenção da Diversidade Cultural desde quando defendeu, no Fórum Cultural Mundial, realizado no ano passado, em São Paulo, a necessidade de uma legislação que garantisse um tratamento diferenciado para os produtos culturais no comércio internacional. Gil chefiará a delegação brasileira durante sua participação na Conferência da Unesco. Veja mais em: http://portal.unesco.org/en/ev.php-URL_ID=28354&URL_DO=DO_TOPIC&URL_SECTION=201.html

Imprimir esta matéria Enviar por e-mail