Últimas notícias
INSCRIÇÕES PRORROGADAS: Oportunidade de Bolsa Fapesp de Pós-doutorado para projeto VOICES que investigará acesso aberto, divulgação científica e impactos na sociedade.
Prêmio FCW de Arte 2022 abre inscrições 
Carlos Joly é o ganhador do Prêmio FCW de Ciência 2022
Colóquio Internacional aborda comunicação publica da ciência e tecnologia
Portal da Imprensa lança especial de Jornalismo Científico
Centro Cultural recebe exposição Ancestralidades mais que humanas
Fapesp lança livro em comemoração aos 60 anos
Pesquisadoras do Labjor estarão no Encontro Brasileiro de Divulgadores de Ciência
Lançamento da coletânea TIC, Governança da Internet e Gênero – Tendências e Desafios
Realização presencial das defesas e teses a partir de 01/05/2022

Arquivo de notícias

Centro Cultural recebe exposição Ancestralidades mais que humanas


Notícia publicada em: 8 de junho de 2022
Abre neste sábado, dia 11 de junho, a exposição “Ancestralidades mais que humanas” na Casa da Árvore do Centro Cultural Casarão, em Barão Geraldo. A exposição é uma iniciativa do Coletivo Arvorecer de Casa em Casa e convida a pensar plantas, animais, rios, mares, montanhas em bases não antropocêntricas, como parentes dos humanos. Essa ideia é compartilhada por povos indígenas de todo o mundo como, por exemplo, os Yoruba e os Krenak e considerada potente para gerar novas sensibilidades e corresponsabilidades. A curadoria é da artista e pesquisadora Susana Dias, do Labjor.
A exposição é a primeira do Coletivo Arvorecer e reúne alguns de seus integrantes: a artista Ana Piu, que trabalha com teatro, circo, performance e teatro de bonecos; a aldeia tupi-guarani  Awa Porungawa Dju; o Coletivo multiTÃO, formado por Paulinha Luiz Pinto, Rayane Barbosa, Larissa Bellini e Susana Dias, artistas e pesquisadoras do Labjor; a bordadeira Isilda Oliveira, que cria as árvores companheiras de todos os integrantes do grupo; a performer Silvana Sarti; e a artista visual Valéria Scornaienchi.
A abertura da exposição começa às 14h e contará com a exibição do filme Avós de nós, de Ana Piu. Às 15h há a performance “A barca dos sonhos e da fantasia” da artista Silvana Sarti, com interação entre os presentes.
A exposição estará aberta até dia 31 de julho e poderá ser visitada às sextas-feiras pela manhã. O ingresso é 1kg de alimento não perecível, que será doado para a comunidade da aldeia Awa Porungawa Dju, em Peruíbe, São Paulo.
O Coletivo Arvorecer de Casa em Casa divulga artes, ciências e filosofias dos participantes através de website, o canal no Instagram @arvorecerdecasaemcasa e canal no Youtube “Arvorecer de casa em casa”.
O Labjor é um centro de referência para a formação e para os estudos em divulgação científica e cultural. Oferece, de forma multidisciplinar, cursos de pós-graduação, e proporciona pesquisas e produtos culturais que contribuem para a análise da dinâmica das relações entre ciência e sociedade.
Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
Rua Seis de Agosto, 50 - 3º piso - CEP: 13083-873
Fones: (19) 3521-2584 / 3521-2585 / 3521-2586 / 3521-2588
Ver endereço para envio de correspondências
LABORATÓRIO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM JORNALISMO - UNICAMP