Últimas notícias
Roda de Conversa: Cotas no Labjor
Nota de pesar – incêndio no Museu Nacional/UFRJ
Inscrições para processo seletivo de Mestrado do Labjor / IEL
Nova edição da pesquisa sobre Percepção Pública da Ciência e Tecnologia no Brasil sairá em 2019
Alunas do Labjor selecionadas na primeira fase do edital Serrapilheira
Labjor lança ebook sobre divulgação científica
Pesquisadores lançam livro de reflexões sobre arqueologia
Morre José Marques de Melo, criador do Labjor e pioneiro da Comunicação no Brasil
Labjor suspende atividades em razão do desabastecimento
Divulgação científica com chopp e descontração*

Arquivo de notícias

Morre José Marques de Melo, criador do Labjor e pioneiro da Comunicação no Brasil


Notícia publicada em: 21 de junho de 2018

Por Graça Caldas

José Marques de Melo. Crédito: Vera Regina Toledo Camargo

Seu nome não era uma unanimidade. Mas todos o respeitavam e admiravam sua energia, ideais. Formador de pesquisadores, agregador de pessoas, realizador, um idealista. Pessoa íntegra que dedicou-se à Comunicação como ninguém. A área de Comunicação está órfã. Acaba de perder um de seus principais nomes no Brasil e no mundo.

O professor e pesquisador José Marques de Melo faleceu nesta quarta-feira, às 15h, aos 75 anos, de infarto fulminante. Seu corpo está sendo velado no Cemitério do Morumbi, em São Paulo, e o sepultamento será às 11h, amanhã, dia 21. Marques sofria de Parkinson há alguns anos, mas nunca parou de trabalhar.

Um dos pesquisadores de Comunicação mais atuantes no Brasil, com centenas de livros e artigos, Marques de Melo foi fundador do Labjor/Unicamp, junto com o linguista  Carlos Vogt e o jornalista Alberto Dines, recentemente falecido. Sua contribuição ao Jornalismo e ao Jornalismo Científico no Brasil data de muitos anos, desde quando convidou, na década de 1970, o jornalista espanhol Manoel Calvo Hernando para dar o primeiro curso de Jornalismo Científico na USP.

Fundador da Intercom (principal entidade da área de Comunicação no Brasil) e de muitas outras entidades da área, além de dedicar-se ao aperfeiçoamento dos cursos de Jornalismo em todo o Brasil. Criou o curso de Pós-Graduação em Comunicação na Universidade Metodista de São Paulo, onde foi titular da Cátedra Unesco para o Desenvolvimento Regional desde 1966.

Conheci Marques de Melo como sua aluna do mestrado em comunicação na Universidade Metodista de São Paulo  e convivi com ele por 14 anos no Pós-Com da Metô. Era um professor e pesquisador brilhante. Nem sempre concordava com ele, mas estava sempre disposto ao diálogo, desde que frontal. Não foram poucas as vezes que, nas reuniões mensais do Colegiado do Pós-Com da Metodista, quando pensávamos diferente sobre determinados assuntos, sempre chegávamos a um consenso negociado. Amava a Comunicação e dedicou-se a ela por toda a sua vida. Sua doença não o impedia de fazer palestras em todo o Brasil.  Um exemplo a ser seguido e um legado a ser lembrado e respeitado.

José Marques de Melo com as então alunas e pesquisadoras do Labjor (da esq para a direita): Vera Regina Toledo Camargo, Graça Caldas, Monica Macedo, Celia Chaves e Wanda Jorge. Foto: arquivo pessoal/Vera R. T. Camargo

 

 

Imagem de abertura: Portal Metodista

O Labjor é um centro de referência para a formação e para os estudos em divulgação científica e cultural. Oferece, de forma multidisciplinar, cursos de pós-graduação, e proporciona pesquisas e produtos culturais que contribuem para a análise da dinâmica das relações entre ciência e sociedade.
Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
Rua Seis de Agosto, 50 - 3º piso - CEP: 13083-873
Fones: (19) 3521-2584 / 3521-2585 / 3521-2586 / 3521-2588 Fax: (19) 3521-2599
LABORATÓRIO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM JORNALISMO - UNICAMP